Cidadania Italiana - Filhos maiores de pais Italianos vivos no Brasil

 Olá, me chamo Edinalva e desde 2010 venho estudando sobre o processo de cidadania. Farei um breve relato de como me despertou essa curiosidade. Em 2011 eu trabalhava na agência do Banco Santander como promotora de crédito consignado, e o meu público maior eram os idosos, e cá pra nós eles são carentes de uma boa prosa. E foi assim que conheci Sr. Michelli, Italiano, e papo vai e papo vem, falei sobre meu esposo que era filho de italiano. Na hora ele me perguntou: ah!! mas ele já tem a cidadania né?? ai eu ops!! Não, e tão pouco sabia sobre o assunto. Então ele me explicou como fazia e de todos os benefícios que podia usufruir, e ainda teve a gentileza de ir até o patronado me trazer as fichas pra eu preencher e dar entrar na famosa fila do consulado, isso porque naquela época a fila era somente de 4 anos de espera, e pasmem ainda estamos nela (seremos chamados no próximo ano). Enfim, neste meio tempo de dez anos as coisas mudaram: meus dois filhos já estão morando na europa há mais de seis anos. Minha filha foi com visto de trabalho e meu filho deu o pontapé inicial indo para a Italia fazer o reconhecimento da sua cidadania. Ele fez com uma assessora a qual só tenho gratidão por ela: Carmosela. Muito 10, super indico!! 
Só então em 2018, eu e meu esposo fomos pra Italia dar entrada na cidadania dele. Fomos pra cidade de Firenze (fiquem espertos pois cidade grande não é bom pra dar entrada em processo de cidadania devido a demora). Chegando no Comune, a senhora que nos atendeu disse que lá o processo demoraria mais de 1 ano pra ficar pronto, e analisando os documentos do meu esposo ela disse: "não, no seu caso volta para o Brasil e faça por lá pois está saindo em 3 meses", e nós: "Como assim?!!! não senhora! A fila está em 10 anos!" Então ela pegou o artigo que tinha saído naquele mês que chegamos lá, e quando lemos foi uma alegria sem tamanho, estava escrito que filhos maiores de idade de italianos vivos não precisava mais esperar a fila do consulado, e que poderiam dar entrada de imediato. E foi assim que fizemos em 3 meses. Ele foi reconhecido cidadão italiano, e hoje já tem seu passaporte europeu e certidão de Casamento transcrita no comuni de San Guiseppe ha Jato - Sicilia.
De lá pra cá só tenho feito cursos e muita leitura sobre cidadania. 
Neste momento trabalho com Busca de Certidões na Italia, e é esse o primeiro passo para resgatar a história do seu antenato Italiano. Eu sou apaixonada pela Italia e não tenham dúvida disso, minha paixão é tão grande que estudei a língua sozinha até chegar no nível B1, e ainda sigo estudando...

   



Vou deixar o link do artigo pra quem estiver nessa mesma situação pode economizar uns bons euros ,  https://conssanpaolo.esteri.it/Consolato_SanPaolo/pt/i_servizi/per_i_cittadini/cittadinanza/canale-rapido-per-i-figli-diretti.html

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

" Historia da família Venzol "

Certidões Civis e Religiosas